quarta-feira, 16 de novembro de 2016

Em Pau dos Ferros, 83 empresários e 129 servidores públicos podem ter recebido recursos do programa Bolsa Família de forma irregular.

O Ministério Público Federal (MPF) vem expedindo recomendações a todas as prefeituras do Rio Grande do Norte para que realizem visitas domiciliares a 24.607 beneficiários do programa Bolsa Família, suspeitos de não cumprir os requisitos econômicos estabelecidos pelo Governo Federal para recebimento do benefício. 

Essa ação é fruto do Projeto Raio-X Bolsa Família, atuação coordenada pelas Câmaras Criminais e de Combate à Corrupção do MPF de todo o país.

Segundo informações colhidas pelo nosso blog junto ao Ministério Público Federal, 83 empresários e cerca de 129 servidores públicos estão sendo apontados como suspeitos de terem recebido, de forma irregular, recursos do Bolsa Família; auxílio destinado a famílias de extrema pobreza.

Os valores recebidos ultrapassam o montante de R$ 673 mil reais, mais de meio milhão que foram parar no bolso de pessoas que, notadamente, não se encontram em dificuldades extremas.

Sem dúvidas, uma tremenda canalhice que vem se repetindo em muitas cidades do Brasil.

Confira informações sobre as investigações deflagradas nos perfis do Bolsa Família no seu município clicando AQUI.

*Politica pauferrense

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Opine com responsabilidade sem usar o anonimato!

A Liberdade de Expressão... está assegurada, em Lei, à todo Cidadão,LIVRE!

Entre em contato - E-mail: nossoparanarn@gmail.com