sábado, 7 de janeiro de 2017

Prefeitura vai recorrer para não pagar salário de ex-prefeito preso

A Procuradoria Geral do Município de Vilhena vai entrar na justiça para contestar o pagamento do ex-prefeito José Rover, que está preso desde o dia 10 de novembro do ano passado.

Ele foi detido durante a Operação “Áugias” e ganhou na justiça para poder receber os salários do mês de novembro e dezembro.

De acordo com o procurador do município, Mário Gardini, a Prefeitura vai alegar ausência de prestação de serviço, pois neste período o ex-prefeito estava preso. Além disso, neste mesmo período, o município pagou o salário do prefeito em exercício Célio Batista.

Gardini informou que o salário do ex-prefeito era no valor de R$ 18.900,00. O procurador disse que vai entrar com processo contestando a decisão da justiça na próxima semana, por meio de Agravo.

Texto: Extra de Rondônia (Com informações da Assessoria)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Opine com responsabilidade sem usar o anonimato!

A Liberdade de Expressão... está assegurada, em Lei, à todo Cidadão,LIVRE!

Entre em contato - E-mail: nossoparanarn@gmail.com