domingo, 2 de abril de 2017

Açude no Cariri da PB sangra após chuvas de mais de 100mm, diz Aesa

Açude São José sangrou após chuvas em Monteiro (Foto: Guga Leite/Divulgação)

O Açude de São José, no Cariri da Paraíba, sangrou após uma precipitação de 109mm no município de Monteiro neste sábado (1º), segundo informou o presidente da Agência Executiva de de Gestão das Águas do Estado da Paraíba (Aesa), João Fernandes. O reservatório tem uma capacidade de 1.311.540 m³.

As águas estão sendo liberadas pelo sangradouro e pela caixa de descarga e já passaram do Açude de Poções, se juntando às águas transpostas do Rio São Francisco, em direção ao Açude de Boqueirão, que abastece Campina Grande e região.

“Eu já havia dito que a natureza estava ajudando. Março e abril é período de chuva. O prejuízo que a gente teve por um lado, a natureza está dando de graça”, disse João Fernandes, fazendo referência a um problema em uma das duas bombas da estação elevatória de água EBV-6, no eixo leste da transposição.

No entanto, as bombas já estão funcionando normalmente desde o sábado (1º), conforme explicou o presidente da Aesa, reforçando o bombeando de água. Antes com capacidade para bombear 4,5 metros por segundo e, na prática, só chegando a 3,3m/s, agora a estação está conseguindo bombear 9m/s.

Apesar do cenário positivo, João Fernandes mantém a previsão da chegada das águas a Boqueirão. “Pode acelerar, mas eu prefiro trabalhar com a tese de 30 a 45 dias a partir de 10 de março”, pontuou.
Águas do Açude São José seguem para o Açude de Boqueirão (Foto: Guga Leite/Divulgação)


*G1 PB

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Opine com responsabilidade sem usar o anonimato!

A Liberdade de Expressão... está assegurada, em Lei, à todo Cidadão,LIVRE!

Entre em contato - E-mail: nossoparanarn@gmail.com