quinta-feira, 13 de julho de 2017

Considerado o vaqueiro mais velho do Brasil morre aos 96 anos após acidente no Piauí

Morre em Teresina o vaqueiro mais velho do Brasil

Considerado o vaqueiro em atividade mais velho do país, segundo a Associação dos Vaqueiros do Brasil (AVAQ), o piauiense Epifânio Ferreira Viana, mais conhecido como seu Pifa, de 96 anos, morreu nesta quarta-feira (12) após sofrer uma parada cardiorrespiratória. O idoso estava internado no Hospital de Urgência de Teresina (HUT) desde o dia 2 de julho após cair de seu cavalo.

A queda aconteceu quando o vaqueiro retornava de uma cavalgada na cidade de São Pedro do Piauí, 100 km ao Sul de Teresina.

De acordo com Secretaria de Saúde de São Pedro do Piauí, que realizou os primeiros atendimentos, seu Pifa caiu do cavalo na BR-343, próximo ao balão de acesso à cidade quando retornava de uma cavalgada e uma moto bateu no cavalo onde estava o vaqueiro.

Segundo a assessoria do hospital, o vaqueiro foi internado com quadro de traumatismo craniano e nesta quarta-feira ele sofreu uma parada cardiorrespiratória e não resistiu.


Em 24 de janeiro do ano passado, o Clube Rural exibiu uma reportagem com o vaqueiro mostrando como era sua rotina. Mesmo com a idade avançada, Epifânio não deixava a profissão. Todos os dias ele percorria seis quilômetros até a fazenda para pegar os bois.

Segundo Marcos Vasconcelos, diretor da Associação dos Vaqueiros, os mais velhos profissionais em atividade registrados no quadro da entidade têm pouco mais de 70 anos.

O homem apaixonado pelo campo e pela vida deixa 10 filhos, 70 netos, 20 bisnetos e 10 tataranetos.

*Por Ellyo Teixeira, G1 PI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Opine com responsabilidade sem usar o anonimato!

A Liberdade de Expressão... está assegurada, em Lei, à todo Cidadão,LIVRE!

Entre em contato - E-mail: nossoparanarn@gmail.com