sábado, 23 de setembro de 2017

Mulher colhe macaxeira de 20 kg na PB e diz que 'não esperava ficar tão famosa'

'Essa terra é maravilhosa', disse dona Lia que achou macaxeira de 20 kg e quase 1 metro de comprimento em Alagoa Grande, PB (Foto: Maria dos Anjos/Arquivo Pessoal)
'Essa terra é maravilhosa', disse dona Lia que achou macaxeira de 20 kg e quase 1 metro de comprimento em Alagoa Grande, PB (Foto: Maria dos Anjos/Arquivo Pessoal)

Uma agricultora de 53 anos, da comunidade quilombola Caiana dos Crioulos, em Alagoa Grande - Agreste da Paraíba -, colheu uma macaxeira de mais de 20 kg e 90 cm de comprimento. A agricultora Maria Severina Augusta, conhecida por dona Lia, de 53 anos, disse que “não sabia que ia ficar tão famosa” com a macaxeira colhida na segunda-feira (18).

Ela disse que já raspou o raiz e que já rendeu muita farinha. “Fiz farinha, massa, fiz tudo, uma vizinha minha que me ajudou. Foi farinha com força”, disse dona Lia, que sempre morou na comunidade quilombola. A macaxeira é cultivada no quintal de casa e ela planta principalmente por subsistência, mais que para vender.

“Essa é uma terra maravilhosa, abençoada por Deus!”, contou Severina.

Sua filha, Maria dos Anjos, ficou muito ansiosa com o caso. "Desde que Rosélia publicou a foto, não para de ligar gente pra cá querendo saber da macaxeira”, falou. O secretário de Cultura de Alagoa Grande Marcelo Lopes contou ao G1 que quando soube do caso correu para divulgar. “Fiz questão de que isso fosse o mais divulgado possível e deu certo”, explicou.
Farinha da macaxeira de 20 kg rendeu quase uma saca inteira (Foto: Maria dos Anjos/Arquivo Pessoal)

Caiana dos Crioulos

A comunidade quilombola Caiana dos Crioulos fica a cerca de 122 km de João Pessoa e tem 98 famílias. Ela compreende uma área de aproximadamente 646 hectares, de acordo com o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra). As famílias vivem principalmente de culturas de subsistência, como feijão, fava, milho, mandioca, inhame, batata-doce, bem como da criação de animais e da fruticultura.
Local de onde a macaxeira de 20 kg foi colhida, na comunidade quilombola Caiana dos Crioulos em Alagoa Grande (Foto: Maria dos Anjos/Arquivo Pessoal)
Local de onde a macaxeira de 20 kg foi colhida, na comunidade quilombola Caiana dos Crioulos em Alagoa Grande (Foto: Maria dos Anjos/Arquivo Pessoal)

*G1 PB

Estudante é baleada em tentativa de assalto a ônibus escolar

O fato aconteceu por volta das 22h30 da noite de ontem, sexta-feira (22), o transporte escolar vinha das universidades em Campina Grande e, ao chegar a Rua Faustino Moura, no Centro de Lagoa de Roça, foi interceptado por bandidos, que deram ordens de parada.

O motorista do Ônibus percebeu a ação criminosa, não obedeceu aos bandidos e deu o arranque no Ônibus.

Um dos criminosos abriu fogo contra o transporte escolar. Foram efetuados mais de cinco disparos de arma de fogo.

A Estudante Universitária Lizandra Santos (foto) foi atingida com disparos na perna e na axila e foi socorrida pelos amigos e encaminhada para o Hospital de Urgência e Trauma de Campina Grande.

O estado de saúde estável.

A PM da Cidade foi acionada, fez diligências nas ruas próximas ao acontecido, mais ninguém foi preso até o momento.
*Fotos: Felipe Valentim/TV Paraíba

*PB Agora

Idoso italiano é encontrado morto dentro de casa

O corpo de um idoso foi encontrado dentro de uma casa no bairro Portal do Sol, em João Pessoa, na noite desta sexta-feira (22). Segundo a Polícia Militar, a vítima é um italiano de 80 anos.

Ainda de acordo com o registro da Polícia Militar, ele foi atingido por um tiro na região do tórax. A PM isolou o local até a chegada do delegado Geovane Jeacomele dos Santos.

No local, a Polícia Civil fez uma perícia e identificou que a cerca elétrica da parte de trás da casa foi cortada. O corpo foi levado para o Instituto de Polícia Científica, onde passa por uma necrópsia.

O imóvel onde o crime aconteceu é divido em três partes. Em uma delas, o italiano morava com a esposa brasileira. Nos outros, moram as cunhadas dele, que ouviram os tiros chamaram socorro. Vizinhos informaram à TV Cabo Branco que nada foi roubado.

Segundo familiares, a vítima trabalha com construtor e estava trabalhando no escritório, dentro de casa, quando foi morto. A esposa dele estava no quarto no momento do crime, ainda de acordo com parentes.

*G1 PB

Seis são mortos em chacina na Grande Natal; 'Estrago grande', diz delegado

Foto foi tirada por uma das vítimas pouco antes de os assassinos chegarem (Foto: Divulgação/PM)

Seis jovens foram executados a tiros na noite desta sexta-feira (22) na frente de uma casa na comunidade de Santa Maria, em Extremoz, município da Grande Natal. Eles faziam uma pequena confraternização e bebiam quando foram rendidos pelos assassinos. Um deles ainda foi socorrido, mas chegou morto ao hospital. Ninguém foi preso.

Segundo o delegado Luciano Chaves, que coordena uma das equipes da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), o crime aconteceu por volta das 21h. Ao G1, ele contou que pelo menos 10 homens com armas de grosso calibre participaram da matança. No local, também foram encontradas capsulas de pistola.

Até o momento, cinco mortos foram identificados. São eles:

Eribelton Avelino da Silva, 23 anos;
Geovane da Silva, 20 anos;
Fernando Gomes Teixeira, 20 anos;
Artur Antônio Alves do Nascimento, 20 anos;
Vinícius Manuel Câmara Tomás, 16 anos.

O corpo da sexta vítima permanece no Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep), em Natal, a espera de identificação.

Antes de os criminosos acabarem com a festa, os jovens chegaram a fazer uma foto registrando a confraternização. A imagem estava no celular de um deles. "Os criminosos chegaram à residência em dois ou três carros e estavam vestidos de preto. Lá, ordenaram que os rapazes deitassem no chão e atiraram. O estrago foi grande", acrescentou o delegado.

Ainda de acordo com Luciano, ainda não é possível afirmar o que motivou a chacina, mas a polícia investiga a possibilidade de os jovens estarem envolvidos com facções criminosas e consequentemente com o tráfico de drogas.

A PM foi chamada ao local pouco após os disparos e ainda fez buscas pela região, mas não encontrou nenhum suspeito.

*G1 RN

Sensores de incêndio dispara e assusta clientes na agência da Caixa Econômica em Pau dos Ferros/RN

Na manhã deste sábado (23), por volta das 09h, uma grande cortina de fumaça que saiu de dentro da Caixa Econômica Federal de Pau dos Ferros chamou a atenção de clientes e transeuntes que passavam no local.


Segundo informações, a fumaça branca foi expelida pelos sensores de incêndio da agência que sofreram uma pane. Tudo não passou de um susto que chamou a atenção de muitas pessoas que passavam pelo local.

*Grupo Cidadão 190

Chacina com seis mortos é registrada em Extremoz/RN

Uma chacina foi registrada na noite desta sexta-feira (22) na comunidade de Santa Maria, cidade de Extremoz, região Metropolitana de Natal.

As primeiras informações dão conta que 6 (seis) pessoas foram assassinados a tiros, dentre elas adolescentes.

*Redenews360

Foragido do RN preso em Caruaru diz que matou mais de 100 na rebelião de Alcaçuz

A Polícia Civil de Pernambuco prendeu nesta terça-feira (19), um fugitivo do sistema prisional do Rio Grande do Norte de alta periculosidade.

Jefferson Santos da Silva, 22 anos, estava foragido da Penitenciária Estadual de Alcaçuz, em Nísia Floresta, e responde a vários crimes como latrocínio, homicídio e porte ilegal de arma, inclusive, no município de Mossoró.

O foragido foi detido por suspeita de participação num tiroteio em Caruaru, região Agreste pernambucano. O crime aconteceu no sábado (16).

Na ação, o jornalista Alexandre Farias, da Asa Branca TV, afiliada da Rede Globo, foi ferido na cabeça por uma bala perdida.

Na segunda (18), a polícia localizou o grupo no Sítio Maniçoba, zona rural de Caruaru, após denúncias de populares. Durante a ação, Vagner Santos Figueiredo, 30, Vitor Luiz Bezerra da Silva, 20, e José Raniere de Oliveira Simão, 32, foram presos. Igor Alves do Nascimento, 34, acabou morto na troca de tiros. Todos são fugitivos ou presos do semi-aberto do RN.

Jefferson é apontado pela PCPE como o mais agressivo da quadrilha. Segundo a Polícia, dois dos cinco integram a facção Primeiro Comando da Capital (PCC).

“Ele responde por homicídio, latrocínio e porte ilegal de arma. Ele menciona que faz parte do PCC e que, na rebelião do início deste ano (em Alcaçuz), junto com os demais, matou mais de 100 pessoas”, detalhou o chefe da Polícia Civil de Caruaru, Joselito Kehrle.

O massacre de Alcaçuz, como ficou conhecido o episódio, aconteceu em janeiro deste ano e vitimou, segundo dados da Secretaria de Segurança Pública do Estado, 26 presos.

Com Jefferson foram apreendias duas armas, uma teria sido roubada de um policial do Rio Grande do Norte. Além de vários pertences roubados.

“Dada a vasta ficha criminal, a nossa sugestão é de que sejam retirados daqui e colocados em um presídio de segurança máxima”, informou Kehrle.

No ano passado, Jefferson foi preso pelo latrocínio contra o professor universitário Diogo Rosembergh da Silva Nóbrega, 26 anos, em Extremoz. Ele confessou o crime.

Os três homens presos na segunda passaram por audiência de custódia na terça e foram encaminhados para a Penitenciária de Caruaru. Outras duas pessoas foram detidas acusadas de envolvimento com o grupo.

Jornalista baleado em Caruaru, PE

No início da noite desta quinta-feira (21) foi divulgado o novo boletim médico com o estado de saúde de Alexandre Farias.

Uma nova tomografia do crânio foi realizada e apontou “melhoras no edema cerebral, sem evidências de áreas isquêmicas, herniações, novos sangramentos e/ou lesões cerebrais secundárias”.

O apresentador está internado desde o sábado (16) quando foi vítima de bala perdida no Alto do Moura, em Caruaru, Agreste de Pernambuco. Ainda segundo o boletim, Alexandre Farias está evoluindo dentro de esperado ao processo de retirada da sedação.

*Mossoró Hoje

Vereador tem carro tomado de assalto na zona rural do município de São Miguel...


sexta-feira, 22 de setembro de 2017

Complexo CIED – atendimentos de 25 a 29 de setembro.

Nutricionista, Mastologista, Otorrino, Gastro, Proctologista, Ortopedista, Dermatologista, Oftalmologista, são algumas das especialidades médicas que atenderão no decorrer da semana no Complexo CIED, em Alexandria/RN.

O Complexo Hospitalar CIED inovou e agora realiza cirurgias de pequenas e médias complexidades nas áreas de Ginecologia, Otorrinolaringologia, Obstetrícia, Urologia, Ortopedia, Proctologia, Mastologia e Dermatologia e Cirurgias plástica.

SEGUNDA-FEIRA, 25/09
Cynthia Maia
Nutricionista
Clínica e esportiva

Dr. David Abrantes
Dermatologista
Clinico geral
Pequenas cirurgias

Dr. Ubiratan Sousa
Mastologista
Paaf de mama 
Punção de mama
Biopsia incisionais e excisionais de nódulos mamários

Dr. Sergio Moreira
Oftalmologista
Consulta de vista
Retorno de cirurgia
Capsulotomia ( limpeza de lente)
Triagem do glaucoma

TERÇA-FEIRA, 26/09
Dr. Fernando Rodrigues
Otorrino
Consultas
Videolaringoscopia
Princk teste (teste alérgico)
Teste da orelhinha

Dr. Jarismar II
endoscopia
Colonoscopia
Retossigmoidoscopia
Gastro
Proctologista

Cynthia Maia
Nutricionista
Clínica e esportiva

Dr. Denis Rocha
Ortopedista

QUARTA-FEIRA, 27/09.
Cynthia Maia
Nutricionista
Clínica e esportiva

Dr. David Abrantes
Dermatologista
Clinico geral
Pequenas cirurgias
                                     
QUINTA-FEIRA, 28/09                   
Dr. Francisco Fernandes
Ultrassonografia geral
Dr. Sergio Moreira
Oftalmologista
Cirurgia de pterígio
Cirurgia de catarata
Cirurgia de glaucoma

             SEXTA-FEIRA, 29/09.  
                                                
Dr. Sergio Moreira
Oftalmologista
Cirurgia de pterígio
Cirurgia de catarata
Cirurgia de glaucoma

Dr. Igor Coelho
Oftalmologista
Consulta grau.

Diariamente uma equipe técnica realiza os exames de imagens: Eletrocardiograma, mapa, holter, eletroencefalograma, raio x geral digital, mamografia digital, densitometria, campimetria, biometria + Ceratometria.

O Centro de Imagens Elizabete Dantas – CIED fica localizado na Rua Dr. Antônio Mousinho Fernandes, 369 – Bairro Boa Vista, Alexandria/RN.
Atendimentos pelo SUS - Prefeituras e particular.
Contato: (84) 3381- 2981/ Celular: (84) 9 9667-0006 – TIM.




Almino Afonso/RN: vítima deixa moto estacionada para ir trabalhar e, ao retornar, percebe que foi furtada

Uma motocicleta foi furtada, na madrugada desta quinta-feira(21), na Praça Aurino Carlos, em Almino Afonso/RN. De acordo com as informações, a vítima, de 35 anos, deixou o veículo estacionado nas proximidades do Trailer onde trabalha a vítima e , quando foi pegá-la de volta, não mais a encontrou.

O furto da motocicleta Honda , de cor preta, placa MYP 1599/RN ocorreu por volta de 01h20, a vítima disse a vítima que não tem nome de suspeito, já que no momento havia muitas pessoas na Praça Central da cidade, onde se realizava um evento festivo. 

A Polícia pede a quem tomar conhecimento do paradeiro do referido veículo entrar em contato pelo 190 ou (84) 9 9960 5514, sua identidade será mantida no mais absoluto sigilo. 



Suspeitos de roubo a agência bancária de São Miguel/RN são presos na "Operação Marco Zero", realizada pela Deicor

A Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor) deflagrou, nesta sexta-feira (22), a Operação “Marco Zero”, a qual resultou na prisão de nove pessoas integrantes de uma organização criminosa especializada em roubo a bancos, além da apreensão de armamento e drogas. O nome da operação faz alusão à cidade de Touros, onde ocorreram os primeiros roubos à instituições bancárias, realizados pela associação criminosa presa, tendo como objetivo o seu desarticulamento. Segundo investigações, o grupo atuava de forma integrada e planejada, utilizando material explosivo, forte armamento, e veículos clonados, atuando nos estados do Rio Grande do Norte, Alagoas e Paraíba. Durante o cumprimento dos mandados de prisão, a polícia apreendeu na residência de Valdênio, uma pistola, crack, maconha, além de um veículo clonado, e na casa de Manuel Messias, um fuzil, dinheiro, celulares, e uma identidade falsa. Durante confronto com policiais, Manuel foi atingido e ferido, sendo encaminhado ao hospital. 

Foram presos na Operação “Marco Zero”: Ana Célia Rocha dos Santos, 34 anos; André Marques de Albuquerque, vulgo “André Cabeça”, 36 anos; Arthur Kennedy Martins, 35 anos; John Breno Rosendro da Silva; Manuel Messias de Araújo, vulgo “Vaca”; Paulo Alan Neves Souza dos Santos, 22 anos; Suenio Mafra Bassani Vale, 33 anos; Waldenio de Lima, 35 anos; e Wanderval Targino da Silva, 45 anos. No total, foram sete roubos ocorridos desde o mês de abril deste ano até este mês de setembro, sendo o primeiro roubo da organização ocorrido no dia 05 de abril, na cidade de João Câmara (RN); o segundo foi realizado no dia 04 de maio em Sítio Novo (RN); o terceiro roubo ocorreu no dia 01 de junho em São Miguel (RN); o quarto roubo foi cometido no dia 09 de junho na cidade de Goianinha (RN); uma tentativa de roubo teria sido cometida no dia 30 de junho em Canguaretama (RN); o quinto roubo foi praticado no dia 03 de julho no município de Novo Lino (AL); o sexto roubo foi realizado no dia 29 de julho no município de Belém (PB); e o sétimo e último roubo teria ocorrido no dia 19 de setembro no município de Campina Grande (PB). 

No dia 29 de julho deste ano, policiais civis da Deicor apreenderam um vasto material, entre armas e material para explosão, em uma residência localizada em São José de Mipibu. O material pertencia à quadrilha para o cometimento de roubos à instituições bancárias. Durante a operação, também foram apreendidos, na residência de John Breno, diversos mapas com informações as quais indicavam as cidades que seriam alvos, a distância entre cada uma delas, e o reforço policial que cada uma continha. A Operação “Marco Zero” iniciou no dia 03 de abril deste ano, após os roubos que ocorreram no município de Touros, revelando, durante as investigações, uma associação criminosa que atuava de forma organizada e planejada, atribuindo funções diferenciadas a cada integrante do grupo, tendo, entre eles, Manuel como líder, que utilizava de armas violentas nos roubos, e contra os policiais. 

Investigações apontam que Suênio atuou como olheiro em Coronel Ezequiel, e era responsável por jogar os grampos para atrapalhar a perseguição da polícia, sendo investigado também pela Polícia Federal. Entre os nove integrantes, três eram responsáveis por providenciar, clonar e adulterar os veículos a serem utilizados durante os roubos, sendo eles Arthur, que fazia a ocultação e adulteração de carros, o John Breno, que roubava carros e também fazia planejamento dos roubos das cidades selecionadas, analisando a distância entre elas e o quantitativo de reforço policial de cada uma, além de ser “sócio” de Arthur, e Alan, que fazia a adulteração das placas dos veículos roubados. Através de André, o grupo criminoso conseguia as armas de fogo, que também eram consertadas por ele. Em um dos crimes, Valdênio teria realizado uma negociação de um veículo para o cometimento do roubo, sendo ele traficante na comunidade de Felipe Camarão, tendo como companheira, Ana Célia, também integrante da organização criminosa.

Em coletiva de imprensa realizada nesta sexta-feira (22), na Academia de Polícia Civil (Acadepol), o delegado da Deicor, Marcuse Cabral, detalhou que a quadrilha foi monitorada durante todos os seis meses de investigações, as quais revelaram que haviam ramificações desse grupo em outros estados, entre esses a Paraíba e Alagoas, locais onde também ocorreram roubos. “A partir dos primeiros roubos à instituição bancária em Touros, onde a quadrilha teria subtraído R$ 700.000 reais do Banco do Brasil, mediante explosivos, iniciamos um processo de monitoramento desse grupo criminoso. Através desse trabalho, apreendemos, no dia 29 de julho deste ano, um vasto material de armamento e explosivos desse grupo. Essa organização era especializada em roubar bancos, e altamente planejada para tal fim, distribuindo atribuições diversas a seus integrantes com o fim de facilitar o cometimento dos crimes. O grupo todo era organizado entre líder, pessoas que faziam a ‘linha de frente’ para a explosão dos bancos, armeiros, olheiros, responsáveis por providenciar e adulterar carros roubados, planejadores da logística crimes, e rota de fugas, ou seja, havia uma divisão racional de trabalho e de tarefas, o que fazia da quadrilha uma verdadeira organização criminosa”, detalha o delegado da Deicor, Marcuse Cabral.

O delegado geral da Polícia Civil do Rio Grande do Norte, Correia Júnior, destaca o intenso trabalho realizado pela Deicor no último trimestre, o qual resultou em uma diminuição considerável na ocorrência de roubos a instituições bancárias no estado. “Houve uma diminuição em relação a esse último trimestre, através das investigações feitas pela Deicor, que hoje, deflagrou essa operação tão importante para o nosso estado. Nós, da Polícia Civil, estávamos bastante preocupados com a ocorrência desse tipo de crime no estado, pois a população também é vitimizada ao ficar impossibilitada de realizar as suas transações bancárias. Esperamos que os responsáveis por esses crimes que foram presos nos últimos meses, sejam condenados e fiquem atrás das grades”, afirma o delegado geral da Polícia Civil, Correia Júnior. 

Segundo o delegado da Deicor, Odilon Teodósio, as investigações prosseguirão a fim de identificar e prender os demais integrantes de quadrilhas que cometeram roubo à instituições bancárias. “Durante as nossas investigações, colhemos diversas provas que serão também emprestadas à Polícia Federal. Além dessa associação criminosa, existem outras células que participaram desse tipo de ocorrência que estão sendo investigadas, sendo geralmente interligadas. Existem outros mandados de prisão que vamos cumprir, isso é só uma questão de tempo para que a Deicor prenda todos os integrantes de roubo a bancos”, reafirma o delegado da Deicor, Odilon Teodósio.

*SESED-RN

Suspeitos morrem em confronto com a PM durante operação na Grande Natal

Três homens morreram e um outro foi preso durante uma operação realizada nesta sexta-feira (22) pela Polícia Militar em São Gonçalo do Amarante, na Grande Natal. A informação foi confirmada pelo comandante do Policiamento Metropolitano, coronel Zacarias Mendonça.

Segundo o oficial, a ação aconteceu na comunidade de Olho D'água dos Carrilhos, onde houve uma troca de tiros e os suspeitos foram atingidos. A polícia ainda está reunindo as informações sobre a operação.

*G1 RN

"Mais parece um balão, com muito volume e pouco peso". Oposição de Pau dos Ferros/RN

Oposição de Pau dos Ferros está "entorpecida" e carente de uma nova liderança com "espírito vibrante". Leonardo Rego aproveita e governa sob "céu de brigadeiro".

*Por Clodoeudes Fernandes, Política pauferrense
Após visualizarem os seus candidatos à chapa majoritária sucumbirem nas últimas eleições perante o carisma de Leonardo Rego (DEM), que administra a cidade de Pau dos Ferros pela terceira vez sob "céu de brigadeiro", os integrantes do grupo oposicionista parecem ter perdido a embocadura e já não demonstram a mesma pegada de outros tempos.

Diante deste cenário "engessado", alguns situacionistas já consideram que o visível entorpecimento que acomete os adversários do Chefe do Poder Executivo não ocasionará maiores preocupações, ou seja, o "diabo" não é tão feio quanto se imaginava.

Motivos para esse tipo de avaliação não faltam. Afinal, exceção feita a gestos performáticos para ficar em evidência nas mídias sociais, até aqui a oposição pau-ferrense tem limitado suas atitudes a um blá-blá-blá enfadonho na tentativa de transparecer sinais políticos vitais, nada além de um espectro incapaz de tornar-se visível à população. 

E o que dizer da bancada oposicionista no Poder Legislativo? O número até impressiona (maioria), mas por enquanto é só. Mais parece um balão, com muito volume e pouco peso. Com algumas exceções, claro. Todavia, falta representatividade e uma liderança acima de contestação para se sobrepor ao enorme conflito de interesses que há na defesa da população, principalmente em assuntos complexos que envolvem toda estrutura administrativa municipal.

Verdade seja dita, no grupo oposicionista não há um nome para ser o agente coagulante. E, sem este, o espírito de combatividade democrática não se materializa. A ausência de um líder carismático ou vibrante arrefece os ânimos e esvazia a oposição. Afinal, como reza um velho adágio: "são os olhos do dono que engordam a porcada".

Mais do que inflar, a oposição pau-ferrense precisa recuperar o fôlego e ganhar consistência sob pena de esfacelar-se novamente, ou "murchar" de vez já no próximo pleito, em 2018.

Será que há alguém capaz de assumir o comando e, consequentemente, conseguir "despertar" essa turma do "sono"? O tempo dirá.

Por enquanto, os situacionistas estão sorrindo à toa!

MPRN recomenda controle de ponto de servidores de quatro municípios

Resultado de imagem para ponto eletronicoRecomendações foram expedidas para prefeitos e presidentes de Câmaras de Vereadores dos municípios de São Miguel, Venha Ver, Doutor Severiano e Coronel João Pessoa para controle da assiduidade e pontualidade

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN), por intermédio da Promotoria de Justiça de São Miguel, expediu recomendações para os prefeitos e presidentes das Câmaras de Vereadores dos municípios que integram a comarca (Venha Ver, Doutor Severiano, Coronel João Pessoa, além de São Miguel) para aferir a assiduidade e pontualidade dos servidores públicos municipais. As recomendações foram encaminhadas considerando que tramitam na Promotoria diversos inquéritos civis, procedimentos preparatórios e notícias de fato dando conta de servidores “fantasmas” e descumprimento de carga horária.

O representante ministerial recomenda aos prefeitos e presidentes das Câmaras Municipais que no prazo de 60 dias instituam e mantenham o controle diário de assiduidade e de pontualidade de todos os servidores, sejam eles efetivos, comissionados ou contratados, por meio de livro de ponto ou ponto digital. Os gestores também devem proceder na folha correspondente ao servidor à anotação de eventuais ocorrências como compensação de horário, perda parcial de carga horária, apresentação de atestado ou licença médica, férias, licença especial, entre outras.

O MPRN destacou aos prefeitos e presidentes das Câmaras de Vereadores dos mesmos municípios que disponham, por decreto ou outro instrumento que entender pertinente, informações sobre os servidores sob regime especial de carga horária, a exemplo de plantões ou serviços externos. Os gestores também devem indicar, por portaria, o responsável pelo controle do ponto dos servidores de cada órgão, advertindo que o não cumprimento das medidas recomendadas poderá importar na adoção de providências extrajudiciais ou judiciais cabíveis.

José da Penha/RN: recomendação visa restituição de R$ 442 mil aos cofres públicos

Resultado de imagem para restituição de recursos publicosO Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) recomendou ao atual prefeito de José da Penha que cobre a restituição de R$ 442.003,00 à Câmara dos Vereadores, por parte do ex-prefeito Abel Kayo Fontes de Oliveira. A quantia foi estipulada pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE) no acórdão nº 1090/2012.

Na recomendação, emitida pela Promotoria de Justiça da comarca de Luís Gomes, cuja área de atuação abrange o município de José da Penha, foi estipulado um prazo de 30 dias para que o atual prefeito execute a ordem judicial.

A averiguação da prestação de contas da Prefeitura de José da Penha foi alvo de processo no TCE, que teve como foco específico a análise da gestão fiscal do exercício de 2005. À época, o gestor do Município era Abel Kayo Fontes de Oliveira, que terminou sendo condenado pelo TCE a restituir ao cofre da Prefeitura a quantia mencionada.

Para emitir a recomendação, a Promotoria levou em consideração que o acórdão já passou por todos os trâmites judiciais, não cabendo mais recurso no TCE.

Leia a recomendação na íntegra aqui.

Juíza determina cassação de prefeito e vice de Galinhos, RN

Prefeito de Galinhos, Fábio Rodrigues (Foto: Alexandre Barbosa)

A juíza Cristiany Maria de Vasconcelos Batista determinou a cassação dos mandatos do prefeito e do vice-prefeito da cidade de Galinhos, no interior do Rio Grande do Norte. A justificativa é de que os dois cometeram crimes de abuso de poder econômico e político. Apesar da ordem, o prefeito, Fábio Rodrigues (PRB), e o vice, Afrânio Reis (PR), permanecem nos cargos até que o Tribunal Regional Eleitoral se posicione sobre o caso.

Na sentença, a magistrada determina ainda que sejam realizadas novas eleições municipais em Galinhos, para escolha de representantes para o Poder Executivo em substituição à chapa eventualmente cassada.

A assessoria de comunicação da Prefeitura de Galinhos diz que, como a decisão é em primeira instância, os dois podem recorrer ainda no cargo. “E o farão, certos de quem obterão o direito de permanecer a frente da gestão municipal”, diz a nota encaminhada à imprensa.

A ordem da juíza Cristiany Batista, da 30ª Zona Eleitoral, foi acrescida ao Diário Oficial da JE do Rio Grande do Norte com data desta quinta-feira (21), contudo o documento, disponível no site, tem data de publicação de segunda (25).

Segundo decidiu a magistrada, os dois foram condenados por se comprovarem a nomeação de 186 servidores comissionados em ano eleitoral e exoneração de 84 servidores comissionados após a eleição, caracterizando abuso de poder político; o uso da máquina administrativa em benefício da candidatura dos representados pelo prefeito; compra de votos com cheques da prefeitura; a oferta pelo prefeito de cargo e salário em troca de voto.

Cristiany Batista, em seu posicionamento, determina a cassação dos diplomas do prefeito e do vice-prefeito, além de penalidades de multa de R$ 10 mil e inelegibilidade por oito anos aplicadas somente ao prefeito Fábio Rodrigues. A juíza ordena ainda a realização de novas eleições.

*G1 RN

Conselho de Educação Física encontra 90 estabelecimentos com irregularidades na PB, nas cidades de Sousa, Vieirópolis e Sousa e mais 35 cidades.

Academia estava sem credenciamento, responsável técnico e profissional de educação, além de ter maquinário inadequado, em Paulista, PB (Foto: Waldeir Alcântara/CREF10/PB)

Mais de 90 academias e escolas foram flagradas com irregularidades durante uma fiscalização do Conselho Regional de Educação Física da 10ª Região – Paraíba (CREF10/PB), em 38 municípios do estado. Ao todo, foram 95 estabelecimentos irregulares. O balanço da fiscalização foi divulgado nesta quinta-feira (21).

Entre os problemas encontrados, estavam academias sem credenciamento ou sem profissional de educação física atuando, alunos estagiando sem o Termo de Estágio e alunos estudantes de graduação trabalhando como professores em escolas.

A fiscalização aconteceu de 28 de agosto a 15 de setembro. Ao todo, 168 estabelecimentos foram fiscalizados, sendo 106 academias e escolas

Diante das ocorrências, foram lavrados 19 avisos de impedimento e feitos 11 boletins de ocorrência junto à Polícia Civil, para que possam ser tomadas as devidas medidas administrativas.

Os 38 municípios visitados pela fiscalização foram Alcantil, Aparecida, Barra de Santana, Barra de São Miguel, Boqueirão, Cabaceiras, Cajazeirinhas, Campina Grande, Caraúbas, Caturité, Condado, Coxixola, Gurjão, Itabaiana, Jacaraú, João Pessoa, Lastro, Malta, Mamanguape, Marizópolis, Nazarezinho, Parari, Paulista, Pedro Régis, Pombal, Riacho de Santo Antônio, Santa Cruz, Santo André, São Domingos de Pombal, São Domingos do Cariri, São Francisco, São João do Cariri, São José da Lagoa Tapada, Sapé, Serra Redonda, Sousa, Vieirópolis e Vista Serrana.

*G1 PB

Vereadores foram impedidos de fiscalizar farmácia de UBS em Riacho de Santana/RN

O Ministério Público Estadual recebeu denúncia de possível ato de improbidade administrativa pelo impedimento à fiscalização de vereadores em farmácia popular de unidade básica de saúde na cidade de Riacho Santana/RN. 

Após receber a denúncia, o Promotor de Justiça, instaurou inquérito civil e solicitou informações se os vereadores do Município de Riacho de Santana estão tendo acesso a órgãos e instituições públicas municipais para vistorias e inspeções.

O Ministério Público irá apurar ainda, denúncia dando conta que o Assessor Jurídico do Município de Riacho de Santana/RN, estaria supostamente prestando serviço também como Assessor Jurídico da Câmara Municipal daquele município. O Promotor mandou intimar o Assessor Jurídico para comparecer em audiência ministerial, para prestar esclarecimentos referentes à denúncia.

Os fatos que caracterizam em tese ato de improbidade administrativa, estão sendo investigados nos autos do Inquérito Civil Nº 06.2017.00002802-1, que tramita na 1ª Promotoria de Justiça da Comarca de Pau dos Ferros/RN, conforme publicado no DORN desta sexta-feira (22).

Homem é morto ao tentar defender o pai de assaltantes

Um homem de 38 anos foi morto na quinta-feira (21) ao tentar defender o pai da agressão de dois assaltantes em Alcantil, no Agreste da Paraíba.

Segundo a esposa da vítima, os dois homens estavam em uma motocicleta, anunciaram o assalto e agrediram o pai da vítima, que ficou com o supercílio ferido.

O marido dela entrou na briga para defender o pai e foi atingido por dois tiros no tórax. Ele chegou a ser socorrido por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas não resistiu e morreu ainda no local.

O corpo foi encaminhado para o Instituto de Medicina Legal (IML) e até as 9h desta sexta-feira (22) a polícia não tinha mais informações sobre os suspeitos.

*G1 PB

Homem que sobreviveu a tiroteio em festa morre após levar cerca de 20 tiros


Um homem de 33 anos que sobreviveu a um tiroteio em uma festa no Capão Raso, em Curitiba, em agosto deste ano, morreu alvejado por cerca de 20 tiros no final da noite desta quinta-feira (21), também na capital. Segundo a Polícia Militar (PM), a vítima chegou a ser socorrida e encaminhada ao Hospital do Trabalhador, mas não resistiu aos ferimentos.


Ainda de acordo com a PM, dois homens encapuzados invadiram a casa da vítima e efetuaram os disparos. Até a manhã desta sexta (22), os autores do crime não tinham sido presos.

Tiroteio em festa 

A vítima foi um dos dez baleados durante o tiroteio no bairro Capão Raso, no dia 25 de agosto. Dois deles morreram.

Segundo a PM, suspeitos armados estavam dentro de um carro e atiraram contra uma pessoa, que correu para a casa onde estava ocorrendo a festa. Eles foram atrás e balearam quem estava no local. Foram encontradas 40 cápsulas de dois tipos diferentes de arma.

*Por G1 PR e RPC, Curitiba

Luiz Almir é condenado à perda da função pela prática de improbidade administrativa

O juiz Bruno Lacerda, em processo da 5ª Vara da Fazenda Pública de Natal, condenou o vereador Luiz Almir, da Câmara Municipal de Natal, à perda da função pública e suspensão dos direitos políticos pelo prazo de oito anos, devido a prática de atos de improbidade administrativa. Na mesma sentença também foram condenados o ex-governador Fernando Freire e outras 12 pessoas.

A condenação atende parcialmente pedido do Ministério Público Estadual em Ação Civil de Improbidade Administrativa decorrente do caso conhecido como Escândalo dos Gafanhotos, um esquema de concessão irregular de gratificações, através da emissão de cheques-salários, em nome de funcionários fantasmas no período de 1995 a 2002.

O magistrado considerou como atos de improbidade administrativa a concessão de gratificações de representação de gabinete a pessoas sem qualquer vínculo com o Estado do Rio Grande do Norte, às custas do patrimônio público, em desrespeito ao princípio da legalidade, em violação ao Art. 10, I e XII e ao Art. 11, caput, ambos da Lei nº 8.429/92.


Água Nova/RN: Promotoria de Justiça investigará vereador que emitiu cheques sem fundos

Resultado de imagem para cheques devolvidos
imagem ilustrativa
O Ministério Público Estadual da Comarca de Pau dos Ferros/RN, após receber denúncia, instaurou procedimento para apurar possível emissão de cheques sem previsão de fundos pelo então Presidente da Câmara de Vereadores do Município de Água Nova/RN.

De acordo com a denúncia, o Vereador Antônio Kadson, quando presidente da casa legislativa de Água Nova/RN, teria emitido três cheques nos valores de R$ 3.000,00 (três mil reais), R$ 2.100,00 (dois mil e cem reais) e R$ 3.115,00 (três mil cento e quinze reais), cada um, porém todos sem previsão de fundos. ( Inquérito Civil Nº 06.2017.00002776-6).

Ministério Público investiga existência de supostos servidores fantasmas no Município de Riacho de Santana/RN

Resultado de imagem para servidores fantasmasO Ministério Público do Estado do Rio Grande do Norte, por meio da 1ª Promotoria de Justiça da Comarca de Pau dos Ferros, lavrou a Portaria n° 0042/2017, datada de 19 de setembro de 2017 e deflagrou o Inquérito Civil Nº 06.2017.00002773-3, com o objetivo de investigar a Prefeitura Municipal de Riacho de Santana/RN e o Prefeito Jessénildo Dantas de Freitas, em virtude de reclamações por parte de moradores dando conta da existência de servidores que estariam recebendo dinheiro público sem trabalhar.

O Promotor de Justiça, responsável pela investigação, determinou a notificação ao Prefeito Jessénildo, solicitando o controle de ponto dos supostos funcionários fantasmas, com suas respectivas cargas horárias, devendo ser informado ainda o local em que os mesmos prestam serviço e suas remunerações. O Representante do Ministério Público, também mandou expedir notificação supostos servidores fantasmas, para que esclareçam, se já prestaram ou ainda prestam serviço à Prefeitura Municipal de Riacho de Santana, devendo indicar o local, carga horária e remuneração.

Violência segue em ascendência no RN; número de homicídios passa dos 1.800

Praia de Ponta Negra, cartão-postal de Natal, virou 'cemitério' durante um protesto realizado contra a violência no estado (Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi)

Os índices de violência no Rio Grande do Norte seguem em ascendência. Na noite desta quinta-feira (21), o estado chegou a 1.801 homicídios registrados em 2017, o que dá uma média de 6,8 mortos por dia. Segundo o Observatório da Violência Letal Intencional (OBVIO) – instituto que contabiliza e analisa os crimes contra a vida no estado – o número de assassinatos é 27,1% maior que o registrado no mesmo período do ano passado.

O que está acontecendo? Quem dá a resposta é o Fórum de Segurança Pública do Rio Grande do Norte (Foseg), entidade que reúne instituições de segurança pública do estado. “O problema se deve a um conjunto de fatores, que vão desde a falta de investimentos elementares em educação, saúde e segurança pública. Este tripé é obrigação do Estado. Todavia, dois fortes aliados a esse conjunto de fatores são a péssima produtividade da chamada persecução criminal no Brasil e a má atuação do policiamento ostensivo”, afirma José Antônio Aquino, um dos representantes do Foseg e presidente do Sindicato dos Servidores do Departamento de Polícia Federal do RN.

Ainda de acordo com Aquino, “a ineficiência das polícias, a lentidão do Poder Judiciário e também do Ministério Público têm provocado uma imensa impunidade, e todos sabemos que uma sociedade que não pune seus criminosos tende a ver, a cada dia, o aumento desenfreado da ação dos marginais, ao mesmo tempo em que a população fica refém do crime, seja organizado ou não”.

A Secretaria de Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed) não comentou as estatísticas apresentadas pelo OBVIO.

Cidades mais violentas

Ainda de acordo com os dados do observatório, Natal é a cidade mais violenta do estado. De janeiro até o dia 21 deste mês, 470 pessoas foram mortas na capital potiguar. Em segundo vem Mossoró, com 168 homicídios. Depois vem Ceará-Mirim (123), Parnamirim (113), São Gonçalo do Amarante (87), Macaíba (75) e Extremoz (47).

Soluções

Para o presidente da Associação dos Bombeiros Militares do Rio Grande do Norte, Dalchem Viana, que também é representantes do Foseg, o governo estadual precisa colocar em prática o modelo de polícia aproximada da população, o que não acontece no Ronda Cidadã, que é uma cópia do projeto Ronda Quarteirão, que existe no Ceará. “No nosso caso, foi mal feito e mal executado. Porque, na prática, o policiamento continua idêntico ao que já era feito. Ou seja, o que existe hoje é muito nome e pouca ação”, critica.

Ainda de acordo com Dalchen, o modelo de polícia de aproximação exige aproximação de quem tá na linha de frente com a população. “Para isso, são necessários canais de comunicação, interação maior com a sociedade, viaturas em bairros fixos e com os policiais fixados nos bairros. Além disso, o Estado tem que dar solução à questão do pouco efetivo e priorizar o efetivo operacional.

Fora isso, a Polícia Civil precisa investigar mais. O índice de elucidação de crimes chega a 5% no RN. É irrisório. Livrado o flagrante, o criminoso tem 95% de chances de não ser penalizado. E isso só fomenta a reincidência e a insegurança”.

Dalchen defende ainda que "a integração entre as forças de segurança deve se dar de fato, e não apenas em pequenas operações. Fora isso, temos que ter gestores de segurança com perfil operacional, com perfil de rua. Para que isso aconteça, é extremamente importante que seja aprovada a carreia única, o ingresso único nas instituições. É chegada a hora de se acabar com concursos para chefes. Nós temos que ter inteligência policial, e as inteligências policiais têm que se integrar. O governo pode criar uma política para integrar todas as câmeras de segurança do estado, do município, incluindo também as câmeras de monitoramento das empresas privadas também”, sugeriu.

O Fórum

O Fórum de Segurança Pública do Rio Grande do Norte foi criado em 2015 com a missão de promover debates, traçar estratégias, ações e propostas para o aparelhamento e desenvolvimento do setor. É composto pelo Sindicato dos Servidores do Departamento de Polícia Federal do RN (Sinpef-RN), Associação dos Bombeiros Militares do RN (ABM-RN), Associação dos Cabos e Soldados da PM do RN (ACS-PMRN), Associação dos Guardas de Trânsito do RN (AGT), Associação dos Subtenentes e Sargentos Policiais Militares e Bombeiros Militares do RN (ASSPMBM-RN), Sindicato dos Agentes Penitenciários do RN (Sindasp-RN), Sindicato dos Guardas Municipais do RN (Sindguardas-RN), Sindicato dos Policiais Civis e Servidores da Segurança Pública do RN (Sinpol-RN) e Sindicato dos Policiais Rodoviários Federais do RN (Sinprf-RN).

* G1 RN
Entre em contato - E-mail: nossoparanarn@gmail.com