quinta-feira, 1 de março de 2018

Prevenção: Naps promove palestras sobre drogadição e bullying para estudantes de Caraúbas

O Núcleo de Ações e Programas Socioambientais do TJRN, o Naps, realiza mais um ciclo de palestras no interior do Estado. Desta vez, nos dias 28 de fevereiro e 1º de março, em Caraúbas, cidade da região do Alto Oeste, que recebe amanhã (02), edição do Justiça na Praça. As palestras da quarta-feira ocorreram nas escolas estaduais Sebastião Gurgel e Lourenço Gurgel de Oliveira, sobre o tema “Drogadição e seus Malefícios”, às 16h e 19h, respectivamente. Ainda na parte da tarde, foi tratado questões ligados ao “Bullying”, na Escola Municipal Josué de Oliveira.

Outros três momentos semelhantes vão acontecer hoje (1º), tratando de Bullying, na Escola Municipal Professora Leônia Gurgel Fernandes de Azevedo, às 16h, e a respeito de “Drogadição e seus Malefícios”, na Escola Estadual Professora Maria Sílvia de Vasconcelos Câmara, às 16h, e na Escola Estadual Jonas Gurgel, às 19h, respectivamente.

Cada palestra tem reunido uma média de 80 estudantes.

Justiça na Praça

A edição do programa em Caraúbas começa a partir das 8h, desta sexta (02). Esta é a de número 54. O evento será encerrado com a realização de casamento comunitário, previsto para às 16h, na Praça Reinaldo Pimenta, Centro, com a participação de 38 casais da região. A celebração ficará a cargo do juiz Pedro Paulo Falcão Júnior.

O programa Justiça na Praça oferece inúmeros serviços gratuitos para a população, sendo realizado em parceria com diversas instituições. Entre os mais procurados estão a emissão de documentos e o plantão judiciário, com a participação da advocacia gratuita e da Defensoria Pública oferecendo orientação jurídica para a população. Também há oferta de serviços na área de educação, saúde, assistência social e meio ambiente.

Foram agendadas 126 audiências de conciliação, que serão presididas por 10 juízes designados pela Presidência do TJRN para a realização de atos processuais referentes às atividades do evento, os quais estarão com competência jurisdicional plena para a prática dos atos processuais necessários a sua efetivação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Opine com responsabilidade sem usar o anonimato!

A Liberdade de Expressão... está assegurada, em Lei, à todo Cidadão,LIVRE!

Entre em contato - E-mail: nossoparanarn@gmail.com