domingo, 8 de dezembro de 2019

Deputado estadual cai em blitz, se recusa a fazer bafômetro e tem CNH apreendida

Deputado estadual Pedro Kemp (PT) — Foto: ALMS/Divulgação

O deputado estadual Pedro Kemp (PT) caiu em uma blitz da lei seca do Batalhão de Polícia Militar de Trânsito (BPTran) na madrugada deste domingo (8), na rua Vitório Zeolla, no bairro Carandá Bosque, em Campo Grande, se recusou a fazer o teste do bafômetro e teve a sua carteira de habilitação apreendida.

Ao G1 o deputado disse que tinha bebido, mas pouca quantidade, em uma festa de aniversário em uma casa que fica a duas quadras de sua residência e que se sentia em condições de dirigir.

“Olha eu estava retornado de festa, de um aniversário, aqui perto da minha casa, a duas quadras da minha casa, e tinha uma blitz. Me pararam e pediram para mim fazer o teste do bafômetro. Eu me recusei e disse: Olha eu não vou fazer. Eu sou uma pessoa pública e qualquer coisa que dê aí vão explorar em cima disso. Eu estou em perfeitas condições de dirigir, se não, não estaria dirigindo. Aí o policial disse então já que o senhor se recusa eu vou ficar com a sua carteira de habilitação e o senhor não vai poder dirigir. Sua esposa vai dirigir. Minha esposa estava do lado e aí ela trouxe o carro até em casa”, explicou Kemp.

O deputado disse ainda que foi orientado pelo policial a comparecer na próxima terça-feira a sede da unidade para retirar sua carteira de habilitação. “Conversei bastante com o policial, que me disse que estava fazendo o trabalho dele e que o procedimento nesses casos era esse. Eu disse a ele, fica tranquilo. A minha esposa leva o carro e agora na terça-feira eu vou lá buscar a carteira”, comentou.

Segundo a BPTran, no caso do deputado foi registrada uma infração administrativa e por conta disso ele não foi conduzido para a delegacia.

Na mesma blitz, a BPTran aplicou 64 testes do bafômetro. Foram lavrados 20 autos de infração de trânsito (AITs) e houve 12 recursas, entre elas a do deputado Pedro Kemp. Foram recolhidas 12 carteiras de habilitação e 7 certificados de registro de veículos. Três veículos foram apreendidos e removidos para o Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MS).

*G1 MS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Opine com responsabilidade sem usar o anonimato!

A Liberdade de Expressão... está assegurada, em Lei, à todo Cidadão,LIVRE!

Entre em contato - E-mail: nossoparanarn@gmail.com