quarta-feira, 13 de maio de 2020

Médico acusado de abusar de pacientes é condenado a três anos e meio de prisão mais pagamento de multa de R$ 10 mil

Um médico de Assis Chateaubriand, no oeste do estado, foi condenado a três anos e meio de prisão por abusar de pacientes, conforme informou o Ministério Público do Paraná (MP-PR) – que havia apresentado a denúncia à Justiça – nesta quarta-feira (13).

De acordo com o MP-PR, além de ter sido condenado à prisão, terá que fazer o pagamento de R$ 10 mil de danos morais às vítimas. Não foi informada a quantidade de vítimas.

O médico foi condenado, segundo o MP-PR, em duas ações penais. Em ambas, a condenação foi a mesma. O MP-PR explicou que a pena total é de três anos e meio de reclusão.

O médico pode recorrer, pois as decisões são em 1ª instância.

Ele ainda responde a outros três processos parecidos e a mais um por contravenção penal, conforme o MP-PR.

Os casos aconteceram entre novembro de 2016 e julho de 2017.

O MP-PR não quis divulgar o nome do médico, já que ele pode recorrer. Os processos correm em sigilo, por causa do tipo dos crimes atribuídos a ele.

O promotor de Assis Chateaubriand Marcelo Cunha, que denunciou o médico, não vai comentar o caso.

*G1 PR

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Opine com responsabilidade sem usar o anonimato!

A Liberdade de Expressão... está assegurada, em Lei, à todo Cidadão,LIVRE!

Entre em contato - E-mail: nossoparanarn@gmail.com