quarta-feira, 21 de novembro de 2018

PF encontra milhares de notas em caixas de sapato na casa de prefeito em operação contra fraudes no Ceará

PF e CGU encontraram cerca de R$ 123 mil na casa do prefeito. Polícia investiga a origem da quantia. — Foto: Divulgação

A Polícia Federal localizou milhares de notas escondidas em caixas de sapato na casa do prefeito da cidade de Granjeiro, no interior do Ceará, durante uma operação que investiga fraudes em licitações na construção de escolas. O valor dos contratos fraudados somam cerca de R$ 5 milhões.

A PF cumpre 15 mandados nesta quarta-feira (21) em Fortaleza e nas cidades de Granjeiro, Caririaçu, Aurora e Juazeiro do Norte, na Região do Cariri.

Segundo um policial federal que participou da ação e preferiu não se identificar, foram encontrados cerca de R$ 213 mil dentro de caixas de sapato. A PF investiga a origem da quantia.

Além da casa do gestor, agentes federais realizaram buscas nas residências de empresários, funcionários públicos e empresas.

Empresas de fachada

De acordo com a Polícia Federal, durante as investigações, foi constatado que empresas de fachada ganhavam as licitações para reforma ou construção de escolas. No entanto, obras eram realizadas por funcionários contratados da própria prefeitura e o dinheiro pelas empresas ganhadoras.

A PF confirmou, ainda, movimentação financeira anormal de valores em nome dos investigados, com destaque para o recebimento de valores milionários por parte das empresas. Também houve pagamento pela prestação de serviços que não se realizaram, com uso de verbas do Programa Nacional de Transporte Escolar (PNATE).
Operação da PF cumpriu 12 mandados nesta quarta-feira no Ceará — Foto: Divulgação

Operação 'Bricolagem'

A operação, nomeada de "Bricolagem", foi realizada por 60 policiais federais, com apoio de auditores da Controladoria-Geral da União (CGU).

Os envolvidos podem responder, na medida de suas participações, pelos crimes de fraudes em licitações e desvio de verbas federais.

O nome da operação é em alusão ao ato de executar obras e reformas domésticas sem a utilização de serviços profissionais.

*G1 CE

Acusado de homicídio em Catolé do Rocha foi preso por Policiais Civis da PB e RN em Alexandria-RN

Em um trabalho integrado entre as Polícias Civil de Catolé do Rocha (PB) e Alexandria/RN, foi cumprido um mandado de prisão por homicídio em desfavor de Matos Halem Oliveira da Silva, mais conhecido por ‘MARQUINHOS DO PILAR’.

Marquinho é acusado de assassinar Endembergue de Oliveira Ferreira, no dia 27 de outubro de 2017, no Sítio Papagaio, nas proximidades do Lixão de Catolé do Rocha, Sertão da Paraíba.

O acusado estava foragido desde a época que cometeu o crime, contudo, após receber informações que ele estaria escondido em Alexandria (RN), de imediato os policiais civis fizeram campana próximo a casa onde Marquinhos estaria escondido, efetuando a prisão por volta das 11h30 de segunda-feira (19 de novembro), no Bairro do Cascalho em Alexandria-RN.

O acusado confessou para os policiais que ele realmente matou Endembergue com 12 tiros de revólver cal. 38, e que em seguida foi para sua casa que ficava localizada as margens da PB 323, no Sítio Pilar.

A Polícia Civil agradece a colaboração da população de Catolé do Rocha/PB e lembra que Denúncias podem ser realizadas pelos telefones (83)3441-1847/3441-2030 ou pelo Disque Denúncia 197, com garantia de SIGILO ABSOLUTO.

*Portal Catolé News

Governo Adolfo Silveira realiza reunião mensal do Grupo de Gestantes de Francisco Dantas

Nesta quarta-feira (21), aconteceu o encontro mensal do Grupo de Gestantes ”Nascer Feliz” na sede do CRAS do município de Francisco Dantas. No momento foi apresentado pela Assistente Social Layza Raynanja, através do recurso de vídeo ilustrativo as ‘Orientações da Depressão Pós- Parto’, onde é de suma importância a comunicação de ambos para o desenvolvimento da criança. 

Durante o encontro também foi relatado sobre a importância do Prontuário SUAS.

Para finalizar foi aplicada uma dinâmica do carinho, onde as mamães escreveram cartinhas para seus filhos, descrevendo experiências, expectativas, como foi a descoberta e esta sendo sua gestação, para que eles possam lê quando nascer e crescer. O objetivo é o estreitamento de vinculo, a prevenção de doenças psicológicas que posam vir afetar a saúde gestacional mamãe e bebê.


Jovem é assassinado a tiros agora no bairro Luzia Maia, em Catolé do Rocha/PB

A violência não dar trégua no Sertão da Paraíba, e um homicídio foi registrada no início da manhã desta quarta-feira (21 de novembro), em catolé do Rocha, Sertão da Paraíba.

O crime ocorreu por volta das 06h50, na Rua Calixto Fernandes de Souza, no bairro Luzia Maia, zona oeste de Catolé do Rocha, sertão da Paraíba.

Um jovem que transitava numa motocicleta Honda CG 150 FA – ANO 2013 – 2014 – placa OXO 4889,Catolé do Rocha, identificado inicialmente por NÊGO, que é neto de um Senhor conhecido por Pedro Aprígio, residente no bairro Tancredo Neves, zona norte de Catolé do Rocha (PB), foi executado a tiros por um desconhecido, no momento em que se deslocava para o trabalho.

A Polícia Militar foi acionada, e tomou as providências da praxe. De acordo com as primeiras informações colhidas pela nossa reportagem no local do crime, a autoria deste homicídio segue desconhecida.
Catolé News


Polícia identifica principal suspeito da morte de idosa de 106 anos no Maranhão

Polícia identifica suspeito da morte de idosa de 106 anos no Maranhão

O delegado Fagno Vieira, que comanda as investigações da morte de Antônia Conceição da Silva, de 106 anos, afirmou que já tem o nome do principal suspeito do assassinato, mas que precisa juntar provas antes de pedir a prisão dele.

Fagno Vieira é o delegado da cidade de Balsas, responsável pela região de Feira Nova do Maranhão, onde a idosa foi morta. Ele diz que o suspeito estaria em uma festa que acontecia perto da casa de Antônia e sabia que ela estava sozinha. Pegadas encontradas na parede da casa também apontariam a autoria do crime ao suspeito.

“Os peritos fotografaram esses rastros. De um dos suspeitos temos a apreensão de um calçado que ele utilizava no dia da festa. Ficou claro que ele utilizava um calçado compatível [com as pegadas]. Além disso, os peritos levaram as roupas que ele estava usando no dia da festa. Embora tenha sido apreendido só no dia seguinte, foram levados para vermos se encontra algum vestígio. Foram colhidas também algumas amostras de sangue, que a gente acredita que é da vítima, mas é uma tentativa”, disse o delegado.
Polícia analisa pegadas na casa de Antônia Conceição para descobrir o autor do assassinato — Foto: Reprodução/TV Mirante

O laudo sobre a causa da morte da idosa também foi concluído e diz que ela sofreu traumatismo encefálico. As investigações também confirmam que ela chegou a ser arrastada pelos cômodos da casa antes de morrer.

De domingo até esta segunda (19), a Polícia Civil ouviu o depoimento de 14 pessoas, entre parentes, vizinhos e possíveis suspeitos apontados pela comunidade em busca de informações que ajudem a esclarecer o crime. Até o momento, a principal linha de investigação aponta que Antônia foi morta porque teria reconhecido o assassino quando ele invadia a casa.
Antônia Conceição da Silva, de 106 anos, foi morta a pauladas dentro da sua residência em Feira Nova do Maranhão — Foto: Divulgação

Antônia Conceição da Silva, de 106 anos, foi assassinada a pauladas dentro da sua casa na madrugada desse sábado (17). Segundo a polícia, a idosa estava sozinha quando um homem entrou por um buraco feito no telhado.

O neto da vítima, que morava com ela, havia ido para uma festa e, quando retornou, encontrou a avó morta. Ainda segundo a polícia, ao ser encontrado, o corpo da idosa estava com sinais de estrangulamento e espancamento. Um bastão de madeira com marcas de sangue pode ter sido a arma do crime.
Bastão encontrado pela polícia e que pode ter sido usado no assassinato da idosa de 106 anos em Feira Nova do Maranhão — Foto: Reprodução/TV Mirante

* G1 MA — São Luís

terça-feira, 20 de novembro de 2018

MPRN recomenda que Prefeitura de Martins implemente Serviço de Informação ao Cidadão

MPRN recomenda que Prefeitura de Martins implemente Serviço de Informação ao CidadãoO Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN), por meio da Promotoria de Justiça da comarca de Martins, publicou no Diário Oficial do Estado desta terça-feira (20) recomendação para que a prefeita da cidade expeça, no prazo de 90 dias, decreto regulamentando a aplicação da Lei de Acesso à Informação.

A atuação pretende que a Prefeitura garanta que a população tenha acesso a informações acerca dos gastos públicos. O poder público deve implementar o serviço de informações ao cidadão, podendo para tanto, ser aproveitada a estrutura de alguma unidade já existente na estrutura organizacional, em local com condições apropriadas para atender e orientar o público quanto ao acesso a informações. O gestor deve informar sobre a tramitação de documentos nas suas respectivas unidades e permitir que o cidadão protocole documentos e requerimentos de acesso a informações.

O descumprimento da recomendação por parte do Município acarretará na adoção das medidas cabíveis, inclusive o ajuizamento da ação civil pública competente e ação de improbidade administrativa, a fim de assegurar a sua implementação.

Homem é morto a tiros dentro de escola,

Homem é morto a tiros enquanto deixava criança em escola de Campina Grande — Foto: Waléria Assunção/TV Paraíba

Um homem foi morto a tiros, na tarde desta terça-feira (20), dentro da Escola Municipal Otávio Amorim, localizada no bairro das Malvinas, em Campina Grande. Segundo a polícia, a vítima teria ido levar a sobrinha, que estuda no local, para a aula.

Ainda de acordo com a polícia, o crime aconteceu por volta das 13h, dentro da instituição. Enquanto Elvis Kennedy, de 22 anos, esperava a criança entrar, ele foi surpreendido pelo suspeito.

O homem que atirou contra a vítima chegou ao local em uma motocicleta com outro homem, que ficou fora da escola dando cobertura ao cúmplice. A vítima tentou correr, mas foi atingida nas costas e caiu ao lado de crianças que estavam no mesmo ambiente.

Os suspeitos de terem envolvimento com o homicídio ainda não foram identificados. O corpo do homem foi encaminhado para o Núcleo de Medicina e Odontologia Legal (Numol) da cidade.

*G1 PB

PF cumpre 28 mandados de prisão em operação contra chefes de facções criminosas

Policiais apreenderam drogas durante o cumprimento dos mandados — Foto: Divulgação/PF

A Polícia Federal (PF) cumpriu, na manhã desta terça-feira (20), 10 mandados de busca e apreensão e 28 mandados de prisão preventiva de uma operação contra uma facção criminosa que atua dentro e fora de estabelecimentos prisionais no país.

(Correção: ao publicar esta reportagem, o G1 errou ao informar que a Polícia Federal cumpriu 31 mandados de prisão. Na verdade foram 28 mandados cumpridos. A informação foi repassada pela corporação e corrigida às 15h17.)

Uma pessoa foi presa em flagrante por tráfico de drogas. Três mandados não foram cumpridos, segundo a polícia.

As ordens judiciais foram cumpridas no Paraná e em outros seis estados. Segundo a PF, o objetivo da operação, batizada de "Pregadura", é reprimir crimes cometidos por indivíduos que ocupam posições de liderança.

Os mandados foram cumpridos nos seguintes estados:

Paraná: Londrina, Cambará, Curitiba, Araucária, São José dos Pinhais e Piraquara;

Rondônia: Porto Velho;

Rio Grande do Norte: Mossoró;

Roraima: Boa Vista;

Minas Gerais: Uberaba;

Mato Grosso do Sul: Dourados e Campo Grande;

São Paulo: Presidente Bernardes, Presidente Venceslau, Lins, Mairiporã, Ubatuba e São Paulo.

Ainda conforme a polícia, o grupo identificado era responsável por comandar as ações da facção em todos os estados do país, autorizando o ataque a agentes públicos, crimes de tortura, rebeliões e compra e venda de armas de fogo para a prática de crimes.

As decisões partiam, normalmente, de dentro da Penitenciária Estadual de Piraquara, na Região de Curitiba, e eram difundidas através de uso de telefones celulares e aplicativos de comunicação.

Nas unidades prisionais em que as ordens não entravam com uso destes meios de comunicação, conforme a PF, eram utilizados bilhetes encaminhados por meio de visitantes.

O nome da operação policial faz referência a jogada de xadrez que tem por objetivo impedir a movimentação de peças do adversário em uma partida.

Os investigados devem responder por pelos crimes de organização criminosa, associação para o tráfico de drogas e o comércio ilegal de drogas, tráfico de armas, tortura e homicídios.

Os ordens judiciais foram deferidas pela Vara Criminal de Piraquara, na Região de Curitiba.

*G1 PR e RPC Curitiba

Professor é preso ao chegar em escola suspeito de estuprar alunas

ilustrativa
Um professor da rede de educação infantil de Parauapebas, no sudeste do Pará, foi preso nesta segunda-feira (19) suspeito de abusar sexualmente de alunas da escola onde trabalha. As vítimas têm oito anos de idade.

De acordo com a Polícia Civil, ele foi preso assim que chegou à escola, cujo nome não foi divulgado.

A delegada Yanna Azevedo informou que as denuncias chegaram à Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam) e Delegacia Especializada à Criança e ao Adolescente (Deaca) na semana passada.

*G1 PA — Belém

Idoso é morto a tiros durante assalto em São Gonçalo do Amarante, RN

crime aconteceu na comunidade Sítio Alagadiço Grande, onde morava Belchior Alves de Andrade — Foto: Inter TV Cabugi/Reprodução 

Um idoso de 65 anos foi morto a tiros, dentro de casa, durante um assalto na noite desta segunda-feira (19) na zona rural de São Gonçalo do Amarante, município da Grande Natal. Em menos de um mês, este foi o segundo assalto na mesma residência. 

O crime aconteceu na comunidade Sítio Alagadiço Grande, onde morava Belchior Alves de Andrade. Segundo a Polícia Militar, dois homens chegaram em uma motocicleta, invadira a casa dele e atiraram pelo menos seis vezes após anunciarem o assalto.

Testemunhas disseram que os criminosos estavam com uma pistola, e que levaram uma arma de fogo que estava com o idoso. Belchior teria comprado a arma para proteger a casa, justamente após um assalto que aconteceu em menos de 30 dias.

Um dos filhos do idoso falou que está revoltado com tanta violência.

*Inter TV Cabugi

Na comunidade onde aconteceu o crime, tudo é deserto durante a noite. Com medo de ladrões, ninguém fica mais do lado de fora.

Tia de garoto espancado em escola de BH revela motivo da briga que causou morte: drible no futebol

Morre em BH estudante espancado no Instituto de Educação

Horas após a morte de Luiz Felipe Siqueira de Sousa, a tia do rapaz, de 17 anos, afirmou que perdoou o suspeito de agredir o sobrinho. Hudson Rangel Gomes Rosa, de 18 anos, está preso desde o dia 14, quando ocorreu a briga no Instituto de Educação, uma das escolas estaduais mais tradicionais de Belo Horizonte. Ela revelou o que causou a agressão: um drible durante futebol no recreio.

“Ele está perdoado, na hora que entrei na escola, já falei com o próprio policial: ‘não precisa disso’. Para mim, foi um acidente, uma fraqueza”, afirmou Valdênia Evangelista. Ela cuidava do adolescente desde quando ele tinha 3 anos.
Valdênia Evangelista, na porta do Hospital, mostra a foto do sobrinho morto após ser espancado por colega — Foto: Pedro Angelo/G1

Apesar do quadro gravíssimo em que o garoto estava, ela disse que ainda acreditava em um milagre porque ele queria viver.

O desentendimento entre os colegas começou quando os colegas jogavam futebol no recreio. “Foi por causa de um drible, uma embaixadinha que ele fez que começaram os empurrões e acabou com o desfecho dessa tragédia”, afirmou a tia.

Luiz queria ser engenheiro e havia acabado de prestar o Enem. “A vida dele era estudar, bicicleta e futebol. Luiz era muito tranquilo. Era uma criança que nunca a gente precisou de chamar a atenção porque ele era muito bonzinho. Ajudava com as coisas em casa. (...) Luiz é um menino que nunca vai ser esquecido. É um menino que, onde ele foi, ele só plantou e colheu amor”, disse.

O tio de Luiz Felipe, Walter Evangelista, contou que tinha tentado uma vaga para o garoto em outra escola no começo do ano, mas que foi destratado pelos funcionários do colégio. Para ele, o que aconteceu no Instituto de Educação foi um homicídio e não uma agressão.

“Infelizmente nós não vamos ter ele mais, mas as lembranças boas dele vão permanecer na vida da gente o tempo todo. E é isso que dá força pra gente continuar lutando.”

"Não tenho sentimento nenhum com o rapaz que agrediu ele, tenho sentimento com o pai e com a mãe dele que devem estar sofrendo também... pelas falhas na educação que deveriam ter dado pra ele. Pela omissão da Secretaria [de Educação] quando a diretora fez os boletins de mau comportamento e ela, de pés e mãos atadas, não pôde fazer nada. Agora é se apegar com Deus para que a justiça seja feita, porque isso não foi um caso de agressão, isso foi um homicídio na escola".

Em frente ao hospital, ele ainda consolou colegas de Luiz Felipe que foram ao João XXIII quando souberam da morte. O jovem vai ser enterrado em Turmalina, no Vale do Jequitinhonha.

Histórico de agressividade

O estudante de 18 anos que foi preso tem histórico de comportamento agressivo, segundo a diretora do Instituto de Educação de Minas Gerais, em Belo Horizonte.

“Foram várias, muitas. Mais de 30. Agressões, comportamentos indesejados com colegas, falas, matando aula dentro de escola, né, e a gente buscando”, disse Alexandra Aparecida Morais, diretora do IEMG, sobre o histórico do suspeito, Hudson Rangel Gomes Rosa, de 18 anos.

Um registro da escola relata que Hudson “não tem compromissos com os estudos e é agressivo com as professoras”. Em outro relato, uma aluna reclama que foi agredida várias vezes pelo jovem.
Aluno é agredido em escola tradicional de BH; colega suspeito do crime está preso — Foto: Reprodução/TV Globo

O que diz a Secretaria de Educação

A Secretaria de Estado de Educação divulgou nota no fim da manhã afirmando que "recebeu com profundo pesar a notícia do falecimento do estudante do Instituto de Educação". Segundo a secretaria, durante todo o período de internação, representantes da pasta e da direção da escola acompanharam a família e deram apoio necessário. A SEE disse que se colocou à disposição da família para conduzi-la a Minas Novas, onde será o velório, e a Turmalina, onde será o enterro.
Tio de Luiz consola colega que foi ao João XXIII quando soube da morte — Foto: Globo/Reprodução

* G1 Minas — Belo Horizonte

Começa os preparativos para o 10° JUNFAM - Jogo de Universitários e Formados de Antônio Martins.

O JUNFAM é um evento beneficente onde, Universitários e Formados de Antônio Martins, se reúnem em um jogo de futebol, há quase 10 anos, com o intuito de além de realizar a confraternização, arrecadar alimentos para doar para famílias carentes do município.

Em breve mais informações! 
Quem puder e quiser colaborar com o evento é só procurar a coordenação!

Informações:
Ricardo Seguros 84 - 9 9963-6594
Entre em contato - E-mail: nossoparanarn@gmail.com