sexta-feira, 27 de maio de 2022

Motocicleta foi furtada em Pau dos Ferros/RN

A motocicleta Honda/CG 150 FAN ESDI, de cor vermelha, ano e modelo 2001, placa NOC 3022/RN, foi furtada no final  tarde desta sexta-feira(27), quando se encontrava estacionada na Rua D. Pedro II em Pau dos Ferros/RN.

A Polícia realiza buscas para tentar localizar o veiculo.

Associação Atlética de Caiçara vence e assume liderança do Campeonato Municipal de Futebol Amador de Paraná/RN 2022

O Campeonato Municipal de Futebol Amador de Paraná/RN tem um novo líder. A Associação Atlética de Caiçara venceu a equipe da Aroeira F C na tarde dessa sexta-feira(27), por 3 a 1, com gols de Virgínio, Ramom e Eusébio. Denilson fez o gol da Aroeira. Associação chegou aos 13 pontos em cinco jogos, seguido do Sport Clube que tem um ponto e um jogo a menos. A Aroeira é o sexto colocado com apenas três pontos,  em cinco jogos.

O próximo jogo da quinta rodada está previsto para o próximo domingo(29) entre o Borussia F C x Villa Atlética Caiçara, no Estádio Prefeito José Gomes da Silva, em Caiçara. às 15h45.

O campeonato teve início no dia 26 de março e conta com 08 equipes disputando o título em um sistema de pontos corridos. Todos se enfrentam na primeira fase, em turno único. Os quatro primeiros (G4) se classificam para as semifinais.

O campeonato é organizado pela Secretaria de Esportes e totalmente patrocinado pela Prefeitura, na gestão de Josiene Gomes.

Confira todos detalhes do campeonato, AQUI .

Trechos de falésias da praia de Carapibus, no Conde, PB, deslizam após fortes chuvas na região

Falésias da praia de Carapibus, no Conde, PB, caem após fortes chuvas na região — Foto: Reprodução/TV Cabo Branco

Após as fortes chuvas que caíram sobre o Litoral paraibano nos últimos dias, alguns problemas estruturais causados pelas chuvas passaram a aparecer ou foram intensificados. Um desses locais que sofreu com as chuvas foi a praia de Carapibus, no município do Conde, no Litoral Sul do estado, onde trechos das falésias deslizaram.

Com as chuvas e os fortes ventos, intensificou o processo de erosão na falésia que veio a sofrer desabamentos em diversos pontos espalhados pela orla. Um dos moradores que possui residência nas proximidades da falésia, Carlos Cartaxo, comenta que nos últimos anos perdeu cerca de 10 metros de área territorial por conta da erosão da falésia e que há anos os moradores tentam proteger as falésias do avanço do mar.

“Há anos a gente tenta proteger a barreira. A barreira é um risco iminente, um risco cotidiano. E à medida que o mar bate embaixo, mina a base da barreira, e quando chega o período de chuvas e ventos, detona toda a barreira, diminui o nosso território, colocando em risco a vida das pessoas”, diz Carlos.

Carlos ainda reforça o perigo causado pela erosão da falésia e como pode causar riscos à vida de turistas e banhistas que frequentam o local.

O secretário de infraestrutura do município do Conde, Tiago Ribeiro, explica que foi criado um comitê de crise para resolver os problemas causados pela erosão do mar nas falésias da praia de Carapibus, e que projetos estão sendo elaborados para amenizar os efeitos causados na barreira.

“Foi criado um comitê de crise para elaborar projetos, no entanto, estamos mapeando a área para identificar os pontos de riscos”, explicou o secretário.

Mas esse problema não acomete apenas as falésias da praia de Carapibus. Outros pontos da orla do litoral paraibano também sofrem com o processo natural de erosão marinha (ou continental) das barreiras naturais.

Pesquisas apontam que, em mais algumas décadas, o mar poderá avançar a tal ponto em João Pessoa que vai chegar aos bares localizados no Cabo Branco, ao Bosque dos Sonhos e a equipamentos históricos e turísticos como o Farol do Cabo Branco e a Estação Ciência, por exemplo, que poderão desaparecer.

O professor e pesquisador Saulo Vital alerta para o que ele chama de “erosão continental”, que vem se mostrando até mais agressiva do que a erosão marítima e que é provocada por uma cidade mal planejada e que não respeitou suas áreas verdes.

O professor e pesquisador Saulo Vital destaca que há um consenso entre os estudiosos das áreas de Geografia e de Geociência de que tem que haver um “processo planejado de descoupação da área”. Pode parecer uma medida drástica, mas ele explica que as intervenções realizadas pelo poder público, além de não resolverem o problema, estão acelerando-o.

Fonte:  g1 PB

TRE-PB cassa mandatos de três deputados estaduais e uma suplente

TRE da Paraíba cassa mandatos de três deputados estaduais e uma suplente — Foto: Reprodução/TRE-PB

O Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) cassou, por unanimidade, os mandatos de três deputados estaduais da Paraíba: Bosco Carneiro (Republicanos), Chió (Rede) e Dr. Érico (MDB), eleitos na Coligação A Força do Trabalho 5, em 2018. A decisão pela anulação dos votos recebidos e pela retotalização atinge também a suplente, em exercício do mandato, Rafaela Camaraense (PSB).

A cassação do registro dos parlamentares foi em decorrência de fraude na cota de gênero de seis candidaturas consideradas fictícias do partido Cidadania (antigo PPS). São elas: Alcelina Bernardo dos Santos, Maria Campos de Lacerda, Joseane Soares da Silva, Yohanie Stephane Souza de Melo, Maria Delzane Bezerra de Souza e Lilian da Silva Bandeira.

De acordo com a Justiça Eleitoral, com o objetivo de alcançar o mínimo de 30% da cota de gênero, exigida pela legislação, o Cidadania teria usado as candidatas laranjas. Segundo a acusação, as seis não fizeram efetivamente campanha.

A ação foi apresentada pela Coligação A Força da Esperança II (PV / PSD / PP / PTC / PHS / PSC / PSDB), representada pelos advogados Rodrigo Farias e Frederich Diniz, contra a coligação “A Força do Trabalho V” (Rede / PPS (hoje Cidadania) / DEM / PMN).

O relator da Ação de Impugnação de Mandato Eletivo (AIME) foi o juiz Fábio Leandro de Alencar Cunha. O voto dele foi seguido pelos juízes Bianor Arruda Neto, Roberto D’Horn, Arthur Fialho, José Ferreira Ramos Júnior e pelos desembargadores Leandro dos Santos e Fátima Bezerra.

"Entre as irregularidades comprovadas estavam candidatas sem sequer serem filiadas, sem serem escolhidas em convenção, sem realizarem propaganda política e com fotografia replicadas em três candidatas diferentes", destacou o advogado Rodrigo Farias.

Segundo o advogado Frederich Diniz houve também candidata que pediu voto para adversária e, ainda, “ausência de arrecadação e despesa na campanha e diversos outros ilícitos”, afirmou.

Em nota conjunta, os deputados deixaram claro que eles vão recorrer nos cargos e não há nenhuma ligação direta da fraude, segundo TRE, com os nomes deles.

"Reforçamos que continuamos acreditando na legalidade do processo realizado pelo Cidadania, antigo PPS – partido que compõe a coligação e apontado como responsável por uma suposta falha no preenchimento dos cargos femininos naquela eleição – e lamentamos qualquer decisão que venha contrariar a soberania do voto popular obtido por nós de forma regular, lícita e comprovadamente legítima”, afirmaram os deputados em nota.

Os deputados registraram que a decisão não afeta em nada as eleições deste ano e que todos continuam aptos a permanecer com as nossas pré-candidaturas e disputando, normalmente, a eleição em outubro.

Fonte: g1 PB

“Pombinho” de 38 anos é morto a tiros dentro de casa em Areia Branca/RN

Antônio Alexsandro Cavalcante Neto, “pombinho” de 38 anos de idade foi morto com cerca de 06 tiros dentro de casa, na Rua João Pessoa no bairro da Parabólica, na cidade de Areia Branca, crime que aconteceu por volta das 22h de quinta-feira, 26 de maio.

Segundo registros da polícia, dois criminosos chegaram numa motocicleta, invadiram a casa e executaram a vítima, sem qualquer possibilidade de defesa.

A policia ainda não tem informações sobre a motivação para o crime e nem dos possíveis matadores. No local, ninguém fala qualquer coisa a respeito da ocorrência, mas segundo informações, “pombinho” já era sequelado de outro atentado a bala. O corpo foi removido pela equipe de plantão no Itep em Mossoró, depois dos procedimentos de pericia no local do crime.

Fonte: O Câmera

Polícia Civil prende, em Patos/PB, suspeita por extorsão em Patu

Policiais civis da 71ª Delegacia de Polícia (Patu e Messias Targino) deram cumprimento, na tarde desta quinta-feira (26), a um mandado de prisão preventiva em desfavor de Sabrina Myllena Barreto da Silva, 24 anos. O cumprimento do mandado aconteceu na cidade de Patos/PB, pela suspeita do crime de extorsão.

Segundo as investigações, no mês de novembro de 2021, Sabrina Myllena teria extorquido diversas vítimas na cidade de Patu, via WhatsApp. Ainda de acordo com as investigações, a suspeita colhia informações das vítimas por meio das redes sociais delas e, posteriormente, passava a extorqui-las por meio do aplicativo de mensagens.

A investigação da 71ª DP possibilitou elucidar a autoria dos delitos, motivo pelo qual foi expedido mandado de prisão contra a suspeita, pela Vara Única da Comarca de Patu, do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte. A 71ª DP orienta que a população seja cautelosa em relação ao conteúdo pessoal de informações que disponibiliza nas redes sociais.

Sabrina Myllena já se encontrava presa no estado da Paraíba, devido à prática de condutas semelhantes. A Polícia Civil solicita que a população continue enviando informações, de forma anônima, por meio do Disque Denúncia 181.

Funcionário tem mão amputada e outro perde três dedos após explosão de bomba junina em fábrica clandestina no RN

Bombas caseiras foram apreendidas em fábrica clandestina em São Paulo do Potengi — Foto: Divulgação

Um homem de 20 anos de idade perdeu uma das mãos e outro de 21 perdeu três dedos após uma bomba de São João explodir em uma fábrica clandestina de fogos de artifício. O caso aconteceu na noite de quarta-feira (25) em São Paulo do Potengi, no interior do Rio Grande do Norte.

De acordo com as informações da 1ª Delegacia Regional de São Paulo do Potengi, os dois trabalhavam na fábrica e realizavam um teste de uma bomba num terreno baldio quando aconteceu o acidente.

Após a explosão, eles foram socorridos e transferidos para o Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel, em Natal, onde foram internados.

O homem de 20 anos de idade, além de perder uma das mãos, ficou gravemente ferido também em um dos pés.

Após o episódio, policiais civis da 1ª Delegacia Regional de São Paulo do Potengi fizeram uma fiscalização no local da fábrica e apreenderam fogos de artifício e materiais utilizados na fabricação dos produtos.

Até a atualização mais recente desta matéria, a delegacia não havia contabilizado o material apreendido. As investigações iniciais apontam que a bomba que feriu os dois estava acoplada a um outro recipiente, como uma lata.

De acordo com o delegado Gustavo Cavalcanti, a estimativa é de que a fábrica funcionava no local há cerca de 15 dias.

O "proprietário" da fábrica foi identificado e um inquérito policial foi instaurado para apuração dos fatos. O depósito ficava num trecho de uma das entradas da cidade, próximo ao IFRN do município.

A investigação seguirá com a 1ª Delegacia Regional de São Paulo do Potengi.

Fonte:  Inter TV Costa Branca

Acusado de feminicídio há mais de três anos em SP é preso em Antônio Martins-RN

No dia 24 de abril de 2019, a polícia civil de Alexandria, realizou operação com o intento de cumprir mandado de prisão, expedido pela Comarca de São Paulo, em desfavor de Abraão Caboclo Vieira, acusado de ter matado sua ex-companheira, Luzileia Queiroz dos Santos, com um tiro na cabeça, em 18 de junho de 2018.

A investida deu-se na localidade rural de Tamanduá, no município potiguar de Antônio Martins. Com a chegada da polícia, Abraão conseguiu escapar e evadiu-se no município de Antônio Martins.

Na época, ele vivia com Rita de Cássia, que foi denunciada por posse de arma de fogo, tendo em vista que foram encontradas duas espingardas na residência da mesma. Ver matéria AQUI

O crime, à época, teve uma grande repercussão no país, sendo inclusive matéria de programas de televisão e veiculado em site de amplitude nacional, como o R7, por exemplo. Ver matéria AQUI

Recentemente, após pouco mais de 3 anos, o foragido da justiça paulista, voltou a comunidade rural daquele município potiguar, desta feita, para morar na casa da mãe.
Hoje, por volta de 5h da manhã, o delegado Aroldo Chaves, juntamente com sua equipe e os policiais do GTO, conseguiram prender Abraão Caboclo Vieira, na citada residência, após levantamento detalhado.

Abraão Caboclo Vieira matou a ex-companheira, na frente de uma filha de 17 anos. Luzileia Queiroz dos Santos, deixou sete filhos, sendo os dois mais novos, filho de assassino, que no tempo do feminicídio tinham 2 e 5 anos.

DELEGADO AROLDO CHAVES, AO BLOG RN POLITICA EM DIA, NAS PRIMEIRAS HORAS DE HOJE
"Mais uma prisão da qual faz anos vínhamos monitorando. Um acusado de feminicídio, que havia se evadido em 2019, mas que hoje, começará a acertar suas contas com a justiça. Estou deixando a delegacia de Alexandria, com a certeza do dever cumprido. Dia 02 encerro minhas atividades aqui nesta cidade que tão bem me acolheu, deixando muitos anos que comungam com a lei e o direito. Nomeado para ocupar o cargo de delegado regional da delegacia de Santa cruz e sua circunscrição, procurarei fazer o mesmo serviço, justo e reto, para atender os anseios da população", disse ao RN POLÍTICA EM DIA, o delegado Aroldo Chaves.

Fonte: RN Política em Dia

quinta-feira, 26 de maio de 2022

Homem é preso em Alexandria por sentença definitiva pelo crime de roubo

A polícia civil de Alexandria, sob o coordenação do delegado Aroldo Chaves, com o apoio do GTO da 2ª CIPM, no final da tarde deste quinta-feira(26), deu cumprimento a um mandado de prisão por sentença definitiva em desfavor de Adeílson Pereira da Silva, de 34 anos.

A prisão ocorreu no bairro do Cascalho, na cidade de Alexandria. Policiais do GTO prontificaram-se por trás da residência, para evitar a fuga do sentenciado, enquanto o delegado de Alexandria, foi à frente da moradia e avistou o mesmo, dando-lhe voz de prisão. Adeílson Pereira foi condenado pelo crime de roubo.

Após a prisão o capturado foi encaminhado ao sistema prisional, onde ficará a disposição da justiça.


Fugitivo de presídio no Pará é preso na Grande Fortaleza após dá nome falso em abordagem da PRF

PRF prende fugitivo do Pará no quilômetro 65 da BR-222, em São Gonçalo do Amarante, na Região Metropolitana de Fortaleza. — Foto: PRF/ Divulgação

Um fugitivo de um presídio do Pará foi preso pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) no quilômetro 65 da BR-222, em São Gonçalo do Amarante, Região Metropolitana de Fortaleza, na tarde desta quarta-feira (25).

Segundo a PRF, o motorista, que não teve a identidade informada, conduzia um carro proveniente do Pará e deu um nome falso para tentar enganar os agentes durante a abordagem.

Em consultas aos sistemas, os policiais rodoviários descobriram que o homem é condenado pelo crime de tráfico de drogas, estava com um mandado de prisão em aberto emitido pela Justiça paraense e havia fugido da prisão.

Após a constatação, o motorista foi detido e encaminhado à Delegacia de Polícia Civil de São Gonçalo de Amarante, para os procedimentos policiais.

Fonte:  g1 CE